Projetos - Banners

imagem1

imagem2

 

http://www.escolasdenisa.org.pt/images/desporto%20escolar.jpg

imagem6

 

 

Eventos Escolares

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Contador de Visitas

Localização

Dia do diploma é noticia no jornal alto Alentejo

Agrupamento de Escolas distingue Mérito e Excelência

Primeiro foi o Município, agora o Agrupamento de Escolas, e o cineteatro de Nisa encheu pela segunda vez em pouco tempo para distinguir o mérito e a excelência dos seus alunos. Esta grande festa de reconhecimento os melhores alunos do ano transacto realizou-se, na sexta-feira, numa cerimónia marcada por intervenções, momentos musicais e de poesia, e com a entrega dos diplomas aos alunos que se distinguiram, aos finalistas, e ainda aos que projectaram o concelho de Nisa no âmbito de projectos regionais e nacionais.

E foi ao som da banda da Sociedade Musical Nisense que teve início mais uma edição do Dia do Diploma em Nisa, numa cerimónia que contou com o director do Agrupamento de Escolas, António Trigueiros, a presidente da Câmara, Idalina Trindade, a presidente do Conselho Geral do Agrupamento, Lurdes Bento, o presidente da Associação de Estudantes, André Basso, e ainda de Márcia Lopes, em representação da Associação de Pais. Na plateia estiveram ainda a vereadora da Educação, Conceição Serra, bem como vários autarcas do concelho.

Ainda antes da entrega dos diplomas, que foram sempre distribuídos pelos respectivos professores, destaque para as intervenções de António Trigueiros e Idalina Trindade, que destacaram a importância de premiar o mérito escolar.

Num momento realizado «com o objectivo de reconhecer o extraordinário aproveitamento escolar dos nossos alunos» e que visa ainda «reforçar a sua confiança para que continuem na senda do êxito escolar», António Trigueiros realçou que o «o reconhecimento do mérito é um direito do aluno» e que, por essa razão, «faz todo o sentido que todas as manifestações que enalteçam o seu trabalho sejam naturalmente de louvar».

«Estamos aqui a cultivar os valor, da assiduidade, da dedicação, do esforço, da persistência, do empenho e também de acções solidárias e meritórias. O desenvolvimento do potencial humano que cada um encerra em si é a maior riqueza deste planeta e nós continuamos convictos de que Nisa tem nos seus jovens e na sua comunidade todo esse potencial», destacou o director do Agrupamento.

Recordando que também o Município atribuiu prémios de mérito (de natureza financeira) com o objectivo de «promover a continuação do percurso escolar dos alunos e de motivar todos os outros», António Trigueiros revelou que o desejo do Agrupamento «é que para o ano seja necessário um orçamento rectificativo para esta rubrica», o que significaria «um aumento exponencial dos alunos brilhantes».

«Temos aqui os alunos que se distinguiram com notas de excelência, mas também alunos e alunas que projectaram Nisa através da participação em concursos regionais e nacionais, obtendo um dos três primeiros lugares, e também ao nível do desporto escolar equipas e jovens que se distinguiram também nos três primeiros lugares em competições de âmbito regional e nacional», explicou, sublinhando que «as famílias são parte integrante destes prémios, bem como as pessoas que os têm orientado a percorrer este caminho do saber, os professores».

O director avançou ainda que o Agrupamento de Nisa «alcançou a média nacional» no que respeita ao ensino básico, com 93 por cento de sucesso, obteve «100 por cento de aprovação na prova nacional do 9º ano, situando-nos neste campo 30 por cento acima da média nacional», e que «todos os alunos que concluíram o 12º ano no Agrupamento de Escolas de Nisa estão, neste momento, colocados no ensino superior». Mas, mesmo perante estes números, assegurou que «não entraremos na zona de conforto, porque ainda subsistem problemas que importa melhorar».

«Este momento é um incentivo e, simultaneamente, uma responsabilidade para toda a comunidade escolar, porque a todos se exige que estejam imbuídos num espírito de comprometimento com o objectivo de alcançar o sucesso», concluiu.

Igualmente satisfeita estava a presidente do Município, Idalina Trindade, em mais um momento de «celebração do mérito escolar».

Numa sociedade com «cada vez mais conhecimento» e «mais competitiva», na opinião da autarca torna-se fundamental premiar o mérito, mostrando a miúdos e graúdos que «na sociedades competitivas ganham sempre os melhores». «Muitas vezes por caminhos não muito directos e com a lisura que devia acontecer, mas aqueles que são efectivamente bons, que se dedicam no seu percurso de vida e, neste caso, no seu percurso escolar, têm à partida maiores vantagens nessa sociedade competitiva de alcançar primeiro que os demais os objectivos que os movem», frisou, acrescentando que cerimónias como esta - do Dia do Diploma - representam uma «compensação do esforço e do reconhecido mérito que, ao longo do ano, os alunos do nosso Agrupamento de Escolas provaram ter obtido».

Idalina Trindade evocou ainda a entrega dos prémios de mérito e excelência realizada há poucas semanas para lembrar que «ninguém impõe aos Municípios que atribuam prémios de mérito financeiros». «Entendemos nós que devemos fazer parte desta cruzada de estímulo aos nossos bons alunos do Agrupamento, e por isso aqui estivemos para atribuir também os prémios de mérito municipal, que reconhecem aqueles que ao longo do ano mais se dedicaram e distinguiram relativamente aos colegas».

A presidente da Câmara garantiu que o Município continuará nesta senda de «colaboração com o Agrupamento», com «pais, alunos e toda a comunidade escolar», uma vez que «quanto melhor preparados estiverem os alunos seguramente que mais saudável e desenvolvida será a vida da nossa comunidade».

                                                                                             Noticia do Jornal “Alto Alentejo “publicada 29 de Novembro de 2017